NOTA DE PESAR

É com todo pesar que  o NTE 06 vem  trazer a triste notícia do falecimento de nosso querido amigo, vice-diretor do CECAME e Professor Jose Jorge de Jesus Reis. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade.

As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames.

Núcleo Territorial de Educação – NTE 06

Unidades de Ensino da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul são selecionadas para o Projeto GrafitaÊ.

18403710_1329875370395256_7896505740504621085_n

A Secretaria Estadual da Educação através do Núcleo Territorial de Educação – NTE 06 Valença, estará realizando junto as unidades de ensino da Rede Estadual de Educação do Território de Identidade do Baixo Sul o Projeto GrafitaÊ. A ação visa convidar as escolas a utilizarem a linguagem do grafite para colorir as paredes das unidades de ensino, partindo da identidade de cada Unidade Escolar e de seus estudantes.

Neste segundo semestre letivo a Secretaria Estadual da Educação utilizará o grafite como instrumento pedagógico, utilizando as paredes das escolas para explanar sobre os diversos temas cotidianos da sociedade como o combate ao racismo, valorização da mulher, cultura da paz e o resgate da história das comunidades escolares.

A ação também contará com a participação dos líderes de classe que junto aos professores e demais estudantes estarão elencando os temas que serão debatidos em formato de oficina de grafitagem e rodas de conversas.

As unidades de ensino selecionadas pelo programa receberão através do FAED o valor de R$ 2.000,00 reais para a aquisição de materiais para o projeto, como tintas, spray, rolos, látex, bisnagas, mascaras e demais equipamentos. Já o grafiteiro será ressarcido como monitor do Programa Mais Educação ou do ProEMI.

Para a Diretora do Núcleo Territorial de Educação – NTE 06, Professora Flordolina Angélica de Andrade, “o programa GrafitaÊ fortalecerá o diálogo e a integração entre os estudantes e professores, proporcionado a expressão de ideias, sentimentos e pensamentos, através da arte, sendo um ganho para a educação que prioriza a formação integral dos nossos jovens”, ressaltou a Diretora.

Para participar da primeira etapa do projeto GrafitaÊ foram selecionados o Colégio Estadual João Leonardo da Silva, Colégio Estadual Gentil Paraíso Martins, Colégio Estadual Polivalente, Colégio Estadual Idelzito Eloy de Abreu, Colégio Estadual Andrelina Eufrasia de Jesus Reis, Colégio Estadual Estela Aleluia Guimarães,  Colégio Estadual Adelaide Souza e Colégio Estadual Luis Rogério de Souza.

A ideia é que depois de feito, o grafite permaneça nos muros, quadros e portas das escolas, estimulando alunos e funcionários a conviverem com a expressão artística todos os dias.

Escolas da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul realizam as eleições de Líderes de Classe nesta terça-feira.


 
As unidades de ensino da Rede Estadual de Educação do Território de Identidade do Baixo Sul, estarão realizando nesta terça-feira (11/04), as eleições para escolha dos Líderes de Classe.
 
Desde 2015, os colégios estaduais vinculados ao NTE 06 – Valença, foram as primeiras unidades de ensino na história da Rede Estadual de Educação da Bahia a realizar as eleições unificadas para líderes de classe em um Território de Identidade.
 
Poderão participar das eleições todos os estudantes matriculados na rede estadual e que possuam frequência mínima de 94% em sala de aula.
 
O objetivo é potencializar a participação dos jovens nas ações realizadas nas escolas, contribuindo para a gestão democrática e participativa. 
 
Diálogos com a Juventude
 
Nesta terça-feira (11/04), também estará acontecendo à primeira edição do ano de 2017 do Encontro “Diálogos com a Juventude”.
 
Criado desde 2014, o programa visa debater com os estudantes da Rede Estadual os temas de interesse da juventude do Território de Identidade do Baixo Sul.
 
O “Diálogos com a juventude” será realizado nas unidades de ensino e terá como tema “O Papel do Líder de Classe e a importância da participação da juventude no cenário político brasileiro”.
 
Se você é estudante da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul, participe das eleições para Líderes de Classe.
 
Promover a participação democrática dos estudantes na gestão escolar é um compromisso do Governo da Bahia.

 

Provas da seleção REDA na Educação serão realizadas no dia 7 de maio

sede-da-sec-15

A Secretaria da Educação do Estado adiou para o dia 7 de maio a aplicação das provas para o Processo Seletivo Simplificado visando a contratação, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), de professores e profissionais da Educação. As provas estavam previstas para este domingo (9). Os locais da prova serão informados no cartão de convocação do candidato, disponibilizado no site www.ibrae.com.br

De acordo com a portaria publicada, nesta quinta-feira (6), no Diário Oficial, as provas serão aplicadas no turno matutino, das 8h às 12h, para as funções de professor da Educação Profissional, preceptor de estágio Enfermagem, técnico de atendimento educacional especializado, tradutor/Interprete de Libras, cuidador educacional, braillista, instrutor de Libras, professor, por segmento da Educação e o do técnico de nível médio/mediador. No turno vespertino, das 14h às 18h, serão realizadas as provas para professor da Educação Básica, da Educação Básica no Campo e Professor Indígena.

Vagas - A seleção visa a contratação de 2.483 professores da Educação Básica, Educação no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec).

São ofertadas, ainda, 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e 211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica. São mais 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a Técnicos de Atendimento Educacional Especializado, Tradutor/Intérprete de Libras, Cuidador Educacional, Braillista e Instrutor de Libras.

Foto: Claudionor Junior

Secretaria destina R$ 16 milhões para a agricultura familiar

rui e pnae

A Se­cre­taria da Edu­cação do Es­tado lançou, na se­gunda-feira (19), no Centro Es­ta­dual de Edu­cação Pro­fis­si­onal (CEEP) Áureo de Oli­veira Filho, em Feira de San­tana, a pri­meira cha­mada pú­blica para a aqui­sição de pro­dutos oriundos da Agri­cul­tura Fa­mi­liar para a ali­men­tação es­colar. Estão sendo des­ti­nados R$ 16.353.354,05 cor­res­pon­dentes a 100 dias le­tivos. Mas, no total, serão R$ 32 mi­lhões de­di­cadas à compra de gê­neros ali­men­tí­cios da Agri­cul­tura Fa­mi­liar, re­fe­rentes a re­passes do FNDE/PNAE e do Te­souro Es­ta­dual, em 2017. O lan­ça­mento foi feito pelo go­ver­nador do Es­tado, Rui Costa e pelo se­cre­tário da Edu­cação, Walter Pi­nheiro. O se­cre­tário de De­sen­vol­vi­mento Rural do Es­tado, Jerô­nimo Ro­dri­gues, também par­ti­cipou do evento.

>> Leia o edital e saiba de­ta­lhes sobre a Cha­mada Pú­blica

O go­ver­nador Rui Costa disse que, com este edital, o Es­tado cumpre a Lei nº 11.947/2009, que de­ter­mina que pelo menos 30% dos re­cursos para a ali­men­tação es­colar sejam da Agri­cul­tura Fa­mi­liar. “Con­se­guimos avançar em 2015, 2016, fe­chando com quase 23% da ali­men­tação es­colar for­ne­cida pela Agri­cul­tura Fa­mi­liar. Com o novo edital, vamos chegar a 30% de for­ne­ci­mento e, com isso, me­lho­rando a vida dos agri­cul­tores e me­lho­rando a eco­nomia do Es­tado. Porque quando você compra dentro do Es­tado, da Agri­cul­tura Fa­mi­liar, você está de­sen­vol­vendo a nossa eco­nomia. Ao com­prar aqui, ga­ran­timos que o di­nheiro fique no nosso ter­ri­tório, no nosso Es­tado, o di­nheiro cir­cula aqui dentro e a eco­nomia se for­ta­lece” afirmou Rui.

O se­cre­tário da Edu­cação do Es­tado, Walter Pi­nheiro, des­tacou que este edital irá con­tri­buir, sig­ni­fi­ca­ti­va­mente, para o de­sen­vol­vi­mento so­ci­o­e­conô­mico e am­bi­ental dos 27 Ter­ri­tó­rios de Iden­ti­dade da Bahia e para a oti­mi­zação dos re­cursos uti­li­zados para a ali­men­tação es­colar. “A questão fun­da­mental nisso aqui tem a ver com o que nós es­tamos in­je­tando na Eco­nomia de cada ci­dade como renda e di­mi­nuindo custos na Edu­cação. Nós vamos ter uma re­dução brutal, por exemplo, de custos no ar­ma­ze­na­mento e de des­lo­ca­mento de mer­ca­doria. Vamos ter uma en­trega cada vez mais com qua­li­dade”, afirmou, ao des­tacar ou­tras van­ta­gens do edital.

“A me­renda es­colar é um ele­mento que di­a­loga di­re­ta­mente com o que se produz no campo. In­clu­sive, do ponto de vista nu­tri­ci­onal, esse con­vênio terá a proeza de a gente fazer chegar na es­cola aquilo que sai da terra. Por exemplo, as frutas para os sucos, as raízes, a pos­si­bi­li­dade do uso desses pro­dutos para o mingau e os ali­mentos cen­trais, que são o arroz e feijão, por­tanto com mais qua­li­dade”, des­tacou Pi­nheiro.

A ação, que tem o apoio da Se­cre­taria de De­sen­vol­vi­mento Rural do Es­tado, be­ne­ficia for­ne­ce­dores in­di­vi­duais, grupos for­mais (co­o­pe­ra­tivas) e grupos in­for­mais (as­so­ci­a­ções), está sendo bas­tante fes­te­jada pelos agri­cul­tores fa­mi­li­ares e pelas co­o­pe­ra­tivas, como ex­plica Re­gina Dantas de Car­valho, vice-pre­si­dente da Rede de Co­o­pe­ra­tivas Vale do Rio Ga­vião, no Su­do­este Baiano.

“Vejo este edital com muita es­pe­rança e como um sonho re­a­li­zado. Este edital re­pre­senta levar o ali­mento sau­dável para as mesas das es­colas e também for­ta­lece a agri­cul­tura fa­mi­liar e o co­o­pe­ra­ti­vismo no Es­tado da Bahia. Com ações assim, nos temos con­di­ções, nas bases, com nossos co­o­pe­rados, de ga­rantir que eles pro­duzam com qua­li­dade, porque temos mer­cado para os pro­dutos e o me­lhor mer­cado, que é o ins­ti­tu­ci­onal”, co­me­morou Re­gina.

Para o se­cre­tário-geral da Cen­tral de Co­o­pe­ra­tivas e Em­pre­en­di­mentos So­li­dá­rios (Unisol Brasil), Is­rael de Oli­veira Santos, o edital chegou “em um bom mo­mento para que possa co­la­borar para que os mu­ni­cí­pios for­ta­leçam suas eco­no­mias lo­cais. Além de dar um passo im­por­tante para a con­cre­ti­zação da im­plan­tação da Lei nº 11.947/2009″, afirmou. Atu­al­mente a Unisol Brasil possui 160 em­pre­en­di­mentos afi­li­ados na Bahia, en­vol­vendo em torno de 500 fa­mí­lias, em cerca de 300 mu­ni­cí­pios.

Os in­te­res­sados em par­ti­cipar da cha­mada pú­blica devem acessar o edital ou pegar uma cópia na sede da Se­cre­taria da Edu­cação do Es­tado (Centro Ad­mi­nis­tra­tivo da Bahia), das 8h30 às 12 e das 14h às 18h.

#Especial TransformaÊ no NRE06: Colégio Estadual Maria Xavier Andrade Reis estará realizando a virada educacional Bahia nesta terça-feira(06/12).

maria xavier

O Colégio Estadual Maria Xavier Andrade Reis, situado no município de Presidente Tancredo Neves estará promovendo nesta terça-feira, 06 de dezembro, o projeto #TransformaÊ: Virada Educacional Bahia.

Estudantes, Professores e equipe gestora da unidade de ensino estão preparando uma série de atividades e mobilizações junto à comunidade externa, serão 12 horas seguidas de atividades voltadas para a integração entre escola, família e comunidade local.

Durante esta terça-feira a unidade de ensino estará realizando diversas ações educativas e culturais como oficinas, debates, exibição de filmes e documentários, exposições artísticas, jogos educativos e apresentações culturais, tudo produzidos pelos estudantes da UEE.

“É um momento que causa grande euforia e expectativa para todos. O TransformaÊ é de suma importância para a comunidade escolar, uma vez que as atividades serão direcionadas para divulgar os trabalhos dos estudantes que são realizados durante o ano letivo”, ressaltou a professora Simone Quirino, docente da unidade escolar.

Os estudantes e professores estão bastante engajados na elaboração das atividades que serão apresentadas na virada educacional. Para o estudante Arilan Trindade, aluno do 3º ano Matutino, “O projeto é uma experiência lúdica para mostrar à comunidade, aos professores, e demais alunos aquilo que temos de melhor. O projeto é a cara da juventude do CEMXAR, através de pequenos atos estamos dispostos a Transformar”, comemorou o estudante.

“Estamos no final do ano letivo e O TransformaÊ será uma grande confraternização entre equipe, professores, alunos, pais e comunidade, onde além das ações do projeto, comemoraremos as grandes conquistas do ano 2016 e teremos a oportunidade de refletir sobre o que queremos para 2017”,  comemorou a professora Maria Milza, Diretora da Unidade Escolar.

Participe você também da Virada Educacional Bahia nas escolas estaduais do Baixo Sul, o território da educação.

#Especial TransformaÊ no NRE06: Colégio Estadual Estela Aleluia Guimarães realizará 12 horas de atividades culturais e educativas nesta terça-feira(06/12).

estela

O Colégio Estadual Estela Aleluia Guimarães, situado na cidade de Taperoá estará realizando nesta terça-feira (06/12) a Virada Educacional Bahia.  Durante 12 horas de atividades educativas e culturais serão realizadas palestras, torneios esportivos e exposições culturais.

O Diretor da unidade de ensino, professor Claudio Menezes, ressalta a importância de promover ações que visam à transformação da escola pública, “Temos que acreditar em uma escola pública de qualidade, com prática pedagógica adequada e alunos interessados. Ações dinâmicas como o TransformaÊ,  que objetivam estimular práticas culturais, devem ser valorizadas. O projeto atraiu o interesse dos alunos, pois busca ampliar a visão cultural de forma lúdica e descontraída, apresentando-lhes um mundo novo e cheio de novidades. No evento serão apresentadas manifestações culturais, exposição artística, final do torneio esportivo, palestras entre outras atividades.”, ressaltou o gestor escolar.

“É com muita alegria e satisfação que nossa escola recebe esta honrosa e brilhante virada cultural, sendo de extrema importância para o nosso crescimento. Nesse evento serão abordados assuntos diversos de maneira divertida para que os alunos tenham bom aproveitamento e se integrem. Quero agradecer a todos os envolvidos, colegas, professores, direção, funcionários e comunidade em geral.”, comemorou o estudante Sergio Neto, 2ª série B, do turno matutino.

Para a professora Katia Martins, “Nossas escolas têm alunos com grande potencial, e iniciativas como o TransformaÊ dão oportunidade para que esses talentos sejam revelados. Por isso nos empenhamos para realizar projetos como esse, que buscam valorizar os alunos, fazendo com que participem de atividades diferentes daquelas desenvolvidas na sala de aula. Com o esforço e a dedicação de todos escolhemos e organizamos as ações que acontecerão neste dia. Dentre outras, teremos palestras sobre temas de interesse dos alunos, apresentações culturais, torneio esportivo e sessões de cinema. É dessa forma que mudaremos a imagem que, normalmente, as pessoas têm da escola pública.”, reforçou a Docente.

Participe você também da Virada Educacional Bahia nas escolas estaduais do Baixo Sul, o território da educação.

#Especial TransformaÊ no NRE06: Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza realizará a virada Educacional nesta terça-feira (06/12).

transforma luis rogerio 8

O Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza, situado na cidade de Camamu estará realizando nesta terça-feira, 06 de dezembro, 12 horas seguidas de ações educativas e culturais. É o #TransfomaÊ, a virada educacional que está movimentando todas as unidades de ensino da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul.

Em Camamu, os estudantes, professores e equipe gestora do Colégio Estadual Luis Rogério de Souza estarão realizando diversas intervenções na UEE, como a pintura da quadra poliesportiva, restauração de mesas e carteiras escolares, revitalizações de canteiros, confecção de lixeiras ecológicas, além da elaboração de canteiros temáticos sobre os ciclos econômicos do Brasil.

transforma luis rogerio 5

Para o Diretor escolar, Professor Gilson Santana, O Projeto TRANSFORMAÊ constitui-se no ponto de partida para a VIRADA EDUCACIONAL BAIANA. Através dele, toda a comunidade escolar (alunos, professores, funcionários, gestores e membros da comunidade camamuense se sentirão ainda mais responsáveis pela conservação do patrimônio público escolar. Este projeto mostra a força do Colégio Estadual Luiz Rogério de Souza na defesa da qualidade da Educação no Estado da Bahia”. Finalizou o Gestor.

“Esse tipo de trabalho só gera em nós educadores, expectativas positivas quanto ao futuro, como uma educação que amplie as possibilidades de construção do conhecimento, tendo como eixo a aprendizagem significativa. Além disso, uma educação que permita o diálogo com a realidade de nossos alunos e amplie sua visão de mundo”, ressaltou a Professora Paula Pereira, docente da UEE.

transforma luis rogerio 7

O estudante Elder Souza de Jesus reafirma com emoção a importância de participar da virada educacional, “Creio que esse projeto foi criado no intuito de manter preservado o espaço escolar e com ajuda dos meus colegas ele será concretizado e trará muitos benefícios a nós estudantes e aos profissionais que aqui trabalham. Fico muito feliz ao ver a motivação dos alunos no fazer algo que a sociedade contemplará”, comemorou o estudante.

Participe você também da Virada Educacional Bahia nas escolas estaduais do Baixo Sul, o território da educação.

Escolas da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul realizam Virada Educacional Bahia nesta terça-feira.

TransformaÊ  - Oficial

As escolas da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul irão promover, nesta terça-feira (6), 12 horas seguidas de atividades para integrar as escolas, as famílias e a comunidade local. Trata-se do “#TransformaÊ: Virada Educacional Bahia”, que será realizado simultaneamente em escolas da capital e do interior. Através da iniciativa da Secretaria da Educação do Estado serão realizadas atividades como oficinas, debates, exibição de filmes, intervenções sociais, revitalização de espaços, exposições artísticas, jogos educativos e apresentações culturais.

Serão apresentados projetos de arte, esporte, cultura, ciência, inovação e empreendedorismo que foram desenvolvidos durante o ano letivo 2016, promovendo o protagonismo estudantil. Além disso, o #TransformaÊ irá oportunizar discussões sobre potencialidades e metas para o Ano Letivo de 2017. Todas as ações têm como foco a valorização da escola pública e uma das perspectivas é a de que o evento também fortaleça, nos estudantes, o sentimento de pertencimento da escola pública como um bem de todos, fazendo com que contribuam com a preservação do patrimônio público.

Em Valença, as atividades acontecerão nos Colégios Estaduais João Leonardo da Silva, João Cardoso dos Santos,  Bernardo Bispo dos Santos, Gentil Paraíso Martins, Onildo Raimundo de Cristo e Hermínio Manoel de Jesus.

O #TransformaÊ também acontecerá nas unidades de ensino da Rede Estadual de Educação do Baixo Sul nos municípios de Taperoá, Ituberá, Nilo Peçanha, Igrapiúna Camamu, Ibirapitanga, Piraí do Norte, Gandu, Wenceslau Guimarães, Teolândia, Presidente Tancredo Neves, Aratuípe e Jaguaripe.

Governador sanciona lei que cria bolsa de estímulo para professores

Professora 2

Professores efetivos do magistério que exercem atividades nos ensinos fundamental e médio terão direito à Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe, de acordo com lei sancionada pelo governador Rui Costa nesta quinta-feira (1º). O projeto do Executivo foi aprovado pela Assembleia Legislativa da Bahia e a lei que institui a bolsa será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta (2). O valor do benefício será de R$ 1.600 para o professor com carga horária de 40 horas, e de R$ 800, para aqueles com carga horária de 20 horas.

“Ao longo de quase dois anos de gestão, tenho destacado que a educação é uma das minhas prioridades, e isso tem sido comprovado com ações concretas do Governo. Essa é mais uma ação que tem como objetivo valorizar os professores, criando condições para que eles possam prolongar sua permanência dentro das escolas. É uma contribuição a mais para a construção do futuro dos nossos jovens”, comentou o governador Rui Costa.

A bolsa - O benefício será pago por dois anos, prorrogáveis por mais dois, e sobre ele não incidirá contribuição previdenciária. Também não poderá ser utilizado para cálculo de aposentadoria e pensão. Poderão ser contemplados servidores que obtiverem desempenho individual satisfatório e que não possuem em seus registros funcionais mais de seis faltas injustificadas no ano letivo imediatamente anterior ao do início da percepção da vantagem.

O desempenho individual será aferido pelo chefe imediato do servidor interessado em perceber o benefício e comprovado mediante certidão específica. Aquele que exercer as suas atribuições em mais de uma unidade escolar da Rede Estadual de Ensino deverá ser avaliado em ambas as unidades. A percepção da bolsa não implicará na suspensão de alguma vantagem ou benefício recebido pelo servidor, a exemplo do Abono de Permanência, instituído pela Emenda Constitucional n° 41/03 e que se trata da devolução da contribuição previdenciária do servidor que, embora esteja em condição de se aposentar, optou por continuar em atividade.

O secretário Estadual da Educação, Walter Pinheiro, destaca que não há transformação na Educação sem contar com o professor.” A valorização e o reconhecimento do educador também se dá por meio de de estímulos para que ele continue contribuindo um pouco mais na escola, para que possa dar continuidade justamente no momento em que sua formação está ampliada, porque os professores efetivos sempre buscam, ao longo de suas carreiras, aumentar sua formação como educadores”, afirma Pinheiro. Ele relata também que a SEC está construindo uma nova proposta de Política Estadual de Formação e Desenvolvimento dos Profissionais da Educação Básica da rede pública estadual.