Secretaria da Educação do Estado inscreve para curso de qualificação voltado para indígenas tupinambás

 

 

índice

Pela primeira vez, os povos indígenas da etnia Tupinambá serão beneficiados com cursos de qualificação profissional ministrados na própria aldeia onde eles moram. A Secretaria da Educação do Estado formará uma turma, com 30 vagas, para o curso de Agente de Recepção e Reservas em Meios de Hospedagem, para a modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC), através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC).

As aulas serão realizadas no Colégio Indígena Tupinambá de Acupe de Baixo, localizado na Aldeia Indígena, em Ilhéus, na região Sul da Bahia. As vagas são dirigidas para estudantes, com idade mínima de 15 anos, do Ensino Fundamental II completo (6º ao 9º). A inscrição deve ser feita, até quarta-feira (8) pelo Portal da Educação, através do link: (www.educacao.ba.gov.br) e o preenchimento das vagas acontecerá mediante sorteio eletrônico, que será realizado no dia 10 de novembro.

O coordenador estadual de Educação Escolar Indígena, Rafael Truká, acredita que os benefícios de uma ação como esta vão além da inserção dos jovens indígenas no mundo do trabalho. “Essas competências permitirão aos indígenas gerir projetos locais de acordo com o projeto político societário de suas comunidades”, afirmou.

Outros cursos – Ao todo, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia está com inscrições abertas, até está quarta-feira (8), para 2.455 vagas de cursos de qualificação pelo PRONATEC, para a capital e interior do Estado. Dentre os cursos ofertados estão os de programador WEB, cuidador de idoso, microempreendedor individual, mestre de obras, instalador e reparador de redes de computadores, agente cultural, recreador cultural, organizador de eventos, auxiliar de laboratório de saúde, agente de recepção e reservas em meios de hospedagem, espanhol aplicado a serviços turísticos, inglês intermediário, confeiteiro, editor de vídeo, assistente financeiro, fotógrafo, maquiador e recepcionista.

Os cursos, da modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC), são voltados para estudantes dos Ensinos Fundamental I e II (completo e incompleto) e Médio (completo e incompleto), além de pessoas que já fizeram outros cursos pelo PRONATEC, a exemplo de trabalhadores e mulheres em estado de vulnerabilidade.

As vagas estão distribuídas nos Centros de Educação Profissional e unidades compartilhas da rede estadual localizados nas cidades de Capim Grosso, Ipirá, Riachão do Jacuípe, Gandu, Valença, Ilhéus, Itabuna, Camaçari, Candeias, Dias D´avila, Itaparica, Lauro de Freitas, Mata de São João, Pojuca, Salvador, Juazeiro, São Domingos, Serrinha e Bom Jesus da Lapa. Será realizado sorteio eletrônico, no dia 10 de novembro, de acordo com o número de vagas ofertadas nas unidades da rede. O resultado será divulgado no mesmo dia no Portal da Educação.

Matrícula – A matrícula será realizada no período de 13 a 17 de novembro, na unidade de ensino para o qual o estudante se inscreveu e concorreu à vaga. No ato da matrícula serão exigidas cópias de CPF, RG, comprovante de residência, atestado de escolaridade ou histórico escolar e comprovante de conta corrente de qualquer banco ou conta fácil do Banco do Brasil, aberta em nome do estudante. O programa prevê o pagamento de auxílio transporte e alimentação de R$ 15 por dia frequente, sendo realizado o cálculo ao final de cada mês. As aulas inaugurais serão no dia 20 de novembro nas unidades ofertantes.